Geral
22/02/2021 11:20:05, escrita por Raquel Konrad

Amesne tenta reverter bandeira preta e aponta ações para municípios

A Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste do estado do Rio Grande do Sul (Amesne) está trabalhando para reverter à bandeira preta na região da Serra. O anúncio oficial do Governo do Estado, comunicando se o modelo de cogestão será adotado nos municípios, será realizado nesta segunda-feira, 22/02, no final do dia.

A Amesne aponta que os principais desafios, além de voltar a bandeira vermelha, é permitir o retorno às aulas presencias e garantir a manutenção das atividades industriais após as 22 horas. Além disso, a preocupação é em reverter a atual situação de alta ocupação hospitalar. Para isso, a entidade quer tratar com prioridade, atenção e acompanhamento os grupos de risco: idosos com 60 anos ou mais, portadores de comorbidades: cardiopata, diabético e obeso (65%) das hospitalizações na Serra. Outra iniciativa é aumentar a testagem e isolar o maior número de contaminados. Orientar a população a procurar atendimento médico ao apresentar os primeiros sintomas e, se necessário, internar em leito clínico preventivamente também está na lista de ações da entidade. “A Amesne solicita o apoio de todos os municípios, empresas e população em geral para que façam a sua parte, reforcem os cuidados necessários para combater o vírus e evitem um colapso na saúde e economia da região e Estado”, diz o comunicado enviado pela associação.
 

Neste momento, a ocupação de leitos na UTI do Tacchini é de 93,3%: são 42 ocupados, dos 45 disponíveis. 




Curta o SERRANOSSA