Geral
05/03/2021 16:28:43, escrita por Eduarda Bucco

Cão que aguardava uma família há 8 anos é adotado na Serra

Rapaz havia sido resgatado na Praia Estrela do Mar, em Torres, após ser atropelado, e estava há anos em canil de Garibaldi aguardando uma nova família

Há oito anos aguardando por adoção, o cãozinho Rapaz finalmente ganhou uma família no fim de semana. Rapaz havia sido resgatado na Praia Estrela do Mar, em Torres, após ser atropelado. Ele passou os primeiros anos em um lar temporário, junto com a família que o resgatou, mas depois precisou ser recolhido em um canil de Garibaldi após ninguém aparecer interessado na adoção. 

Mas foi por meio da reportagem do SERRANOSSA que a barbosense Eliane Mentz, de 35 anos, tomou uma iniciativa para mudar essa triste história. Eliane mora no interior de Carlos Barbosa com seu marido Juliano Franco de Oliveira e seu filho Bernardo, de nove anos. A família já tem outros animais de estimação, incluindo três cachorros, Jauau, Branquela e Marley, e decidiu abrir seu coração para mais um amor de quatro patas. “A gente não tinha ideia de adotar mais um cachorro, mas eu estava olhando o Facebook e me deparei com a foto dele. O olhar dele me lembrou do meu cachorro de infância, o Jack. Na hora me arrepiei e pensei, será que é ele?”, conta Eliane. 


Foto: Arquivo pessoal
 

A barbosense conversou com o marido e o filho e, na hora, a família concordou em adotar o Rapaz. “A Tita Flores [que mantinha o Rapaz no canil] nos trouxe ele até aqui no sábado [01/05]. Eu nem precisei ver ele, pelas fotos já sabia que éramos a família ideal para o Rapaz”, comenta.  

E a adoção não poderia ter sido melhor. Eliane e o marido estão construindo um empreendimento voltado para cães, com serviços de adestramento, creche e hotel. Trabalhando na própria casa e contando com um grande espaço, Rapaz terá atenção 24h por dia. “Já colocamos cama, piscina de bolinhas e tudo que precisa para ele se adaptar. Ele é muito dócil e fácil de fazer amizade. Ele e meu filho se deram muito bem. O ‘Ber’ disse que o Rapaz agora é dele e já pediu até para colocar uma cama ao lado dele para dormir junto”, conta Eliane. 

A barbosense comenta que acredita em anjos e que eles também podem aparecer em seres de quatro patas. “Eu não penso em ter um animal de raça, com características específicas. O importante é o amor e o carinho que eles transmitem. E o Rapaz com certeza é um anjo que apareceu para nós”, finaliza. 
 




Curta o SERRANOSSA