Política
08/06/2020 15:00:27, escrita por SERRANOSSA

Distanciamento controlado: modelo de cogestão passará a valer na próxima semana

Em transmissão ao vivo pelo Facebook do Estado do RS na tarde desta quinta-feira, 06/08, o governador Eduardo Leite afirmou que o modelo de cogestão do distanciamento controlado entrará em vigor na próxima semana. A ideia é atribuir autonomia aos prefeitos para que sigam os protocolos que julgarem adequados às suas regiões, quando as mesmas estiverem em bandeira vermelha ou preta. 

O novo modelo foi discutido com a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) e com as associações regionais na terça-feira, 04/08. A partir da cogestão, as regiões interessadas em adotar protocolos diferentes daqueles previstos em bandeira vermelha e preta deverão criar comitês específicos – que ficarão encarregados em elaborar protocolos mais brandos, mas eficazes no controle da pandemia.  “As regiões poderão adotar protocolos menos restritivos, mas não poderão ser equivalentes ou menos restritivos que a bandeira laranja. E sempre observando o nível de risco de sua região”, explicou Leite.

Dessa forma, o estado continuará rodando o modelo do distanciamento, classificando o risco epidemiológico de cada região. Entretanto, cada associação regional, de maneira unânime entre os prefeitos, poderá propor alterações locais. 

“Hoje debatemos de novo o assunto no Gabinete de Crise e estamos fazendo pequenos ajustes no decreto, do ponto de vista técnico. Pretendemos fechar isso até o final de semana para que semana que vem já possamos ter o modelo de cogestão”, afirmou o governador. 
 




Curta o SERRANOSSA