Saúde
27/03/2020 18:47:58, escrita por Greice Scotton Locatelli

Infectologista alerta para período crítico de contágio e diz que Bento segue aguardando testes

A médica infectologista do Hospital Tacchini, Nicole Golin, confirmou na live diária desta sexta-feira, 27/03, que houve um aumento na procura pelos serviços de saúde em casos não urgentes, o que demonstra um descuido da população em relação à determinação de ficar em casa. "Aumentou muito a circulação na cidade. Sabemos que há uma movimentação para retorno de algumas atividades no dia 1º, mas tecnicamente, enquanto sistema de saúde e área de infectologia, recomendamos aguardar até o dia 6", reforçou. 

 


 

Foi percebido também um aumento no número de atendimentos no Pronto-Socorro (PS). "No dia 25/03, a busca de atendimento no PS foi de 49 pessoas. Dia 26, foram 69, 20 a mais. Nós verificamos e eram situações que não precisavam ter sido atendidas dessa forma. Nenhuma das recomendações técnicas mudou. Estamos prevendo 30 dias muito difíceis então este período é crítico e as estruturas de saúde não podem se sobrecarregar. Por isso todo nosso apelo para que não se procure os serviços de saúde sem uma necessidade iminente e para que se evite a circulação nas ruas", detalhou.

 


 

Testes

Durante o vídeo, ela também falou sobre a expectativa da chegada de novos testes que poderiam confirmar ou descartar os casos suspeitos. "A chegada de novos testes depende do Ministério de Saúde. Estamos na expectativa pela chegada e também para saber quais serão os critérios de uso, já que hoje pelo protocolo são testados apenas pacientes graves, que têm necessidade de internação. Para se ter uma real dimensão do contágio na cidade seria preciso que todos os casos suspeitos, mesmo os que estão bem, em casa, fossem testados", comentou.

Clique aqui para assistir a live na íntegra.
 




Curta o SERRANOSSA