Saúde
19/05/2020 16:07:09, escrita por SERRANOSSA

Hospital Geral de Caxias do Sul recebe dez leitos de UTI  

Em visita a Caxias do Sul no último sábado (16/05), o governador Eduardo Leite inaugurou os dez novos leitos de UTI adulta e anunciou R$ 400 mil mensais a mais para o Hospital Geral de Caxias do Sul. Na ocasião, também se comprometeu com retomada das obras de ampliação do hospital e conheceu ventilador pulmonar desenvolvido por grupo de trabalho coordenado pelo TecnoUCS e HG.

Leite chegou por volta das 10h e logo deu início à visita. Na nova ala da UTI adulta, conheceu os dez novos leitos, equipados com camas hospitalares, ventiladores pulmonares digitalizados, monitores de beira de leito, cama bomba para mediação e bomba para dieta, entre outros aparelhos. As unidades foram repassadas sob locação, somando um custo de R$ 180 mil mensais, pagos pelo Estado, como parte do plano de contingência elaborado pelo governo para enfrentamento da pandemia causada pelo novo Coronavírus. Após esse período, o HG deve pleitear a compra para permanecer com os leitos. A nova UTI será utilizada pelos pacientes em geral, enquanto a atual, onde existem outros dez leitos igualmente equipados, será reservada aos pacientes da Covid-19, em boxes isolados.

Em seguida, o governador e a diretora do Departamento de Assistência Hospitalar e Ambulatorial da Secretaria Estadual da Saúde, Lisiane Fagundes, assistiram a uma demonstração de funcionamento do ventilador pulmonar feita pelo diretor técnico do HG, Alexandre Avino. Ambos demonstraram interesse no projeto, buscando conhecer as especificações de uso – no caso, o atendimento de pacientes com recomendação e entubação, que não estejam controlando a respiração. “As máquinas digitais têm um componente de interação com o paciente, fazendo compensações no ciclo respiratório, enquanto este equipamento garante a manutenção da respiração até que a pessoa possa ser transferida para o aparelho digital ou mesmo permanecer, se necessário, até a recuperação da função respiratória”, explicou Avino.

Na coletiva de imprensa que se realizou a seguir, Leite anunciou um incremento de R$ 400 mil na participação mensal do custeio do HG pelo governo do Estado, passando o repasse dos atuais R$ 3,3 milhões para R$ 3,7 milhões. Ele também reforçou o apelo de contribuição com o distanciamento social pela população. “Vamos ter que conviver com restrições. Se a abertura for sem controle da disseminação do vírus, aumentará a contaminação, as pessoas vão ter que parar forçosamente e então vamos perder as vidas e a economia juntos”, ponderou. 

“Não temos isolamento ou confinamento. Temos um controle que está trazendo resultados. Já que não podemos parar o vírus, precisamos restringir o transporte do vírus pelas pessoas, para preservar as vidas e a economia”.

Ao final do encontro, o governador recebeu do reitor Evaldo Kuiava e do diretor geral do Hospital Geral, Sandro Junqueira, a solicitação de apoio para a retomada das obras de ampliação do hospital, paradas desde janeiro de 2017. Com 60% do prédio construído, faltam R$ 11,6 milhões para a conclusão, que aumentará em 40% a capacidade de atendimento do HG, com a inserção de 118 novos leitos, passando dos atuais 237 para 355 leitos totais (de internação e de UTI – adulto, pediátrica e neonatal).

O Hospital Geral é referência em saúde para 49 municípios integrantes da 5ª Coordenadoria Regional da Saúde, oferecendo atendimento universal e gratuito, 100% pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
 




Curta o SERRANOSSA