Saúde
06/07/2021 13:58:00, escrita por Eduarda Bucco

Tacchini atende 61 pacientes em UTI nesta segunda-feira

Hospital ainda alertou sobre a demora de atendimento na fast track, que pode chegar até 60 minutos nesta segunda, devido à quantidade de pessoas que estão procurando a estrutura com sintomas respiratórios

A UTI do Hospital Tacchini atende nesta segunda-feira, 07/06, o maior número de pacientes desde o mês de abril, quando ainda vivia a segunda onda da pandemia. No momento, conforme informações do Mapa de Leitos do Estado, 61 pessoas estão internadas em estado grave, o que representa 135% de ocupação. Desses, 34 são pacientes COVID (55,7%). 

O número também é alto em relação aos leitos clínicos COVID e ao uso de respiradores. São 71 pacientes internados fora de UTI, sendo 68 confirmados e três com a suspeita da doença. Em relação aos respiradores, a ocupação é de 91%. 

Nesta segunda, 07/06, o Tacchini alertou sobre a demora no atendimento de pacientes com sintomas respiratórios dentro da estrutura fast track montada em frente ao Pronto Socorro. Conforme o hospital, a espera pode chegar a até 60 minutos. “O tempo de espera está acima da capacidade de atendimento das equipes multiprofissionais”, informou. 

Até às 10h, mais de 20 pessoas já haviam procurado atendimento na estrutura. “Se a mesma média se mantiver nas próximas horas, o número de pacientes diários deve chegar próximo ao recorde do último dia 2 de junho, quando foram registrados 105 casos”, alertou o hospital. 

Atendimentos não respiratórios

Os atendimentos de Pronto Socorro não relacionados a doenças respiratórias também têm registrado uma quantidade de casos acima do normal. O tempo de atendimento varia de acordo com a classificação de urgência realizada pelos profissionais de saúde. 

Em função da alta demanda, o Hospital Tacchini pede a compreensão da população que faz uso do serviço. A média do tempo de espera da última hora pode ser consultada no site do hospital, em https://www.hospitaltacchini.com.br/.
 




Curta o SERRANOSSA