Saúde
06/10/2021 16:37:03, escrita por SERRANOSSA

Mais da metade dos pacientes internados na UTI do Tacchini têm menos de 60 anos

Média de idade reduziu de 57 em março, pico da segunda onda da pandemia, para 55 neste mês de junho

O Coronavírus parece estar acometendo, cada vez mais, pessoas mais jovens. No início da pandemia, especialistas diziam que pacientes acima de 60 anos teriam mais riscos de evoluírem para casos mais graves da COVID-19. Ao longo dos meses, a informação foi revisada. No momento atual, no qual alguns profissionais da saúde já consideram como a terceira onda da pandemia e em que grande parte dos idosos já está vacinada, a média de idade de pacientes graves voltou a baixar. No Hospital Tacchini, em Bento Gonçalves, em relação aos pacientes internados em UTI, a média passou de 69 anos em dezembro do ano passado, para 57 em março deste ano – pico da segunda onda. Neste mês de junho, a média está em 55 anos. 

Nesta quinta-feira, 10/06, 60 pacientes estão internados na UTI do Tacchini, sendo 54 com confirmação da COVID-19 – 90% do total. Desses, mais da metade (36 pacientes) têm idade abaixo de 60 anos. O paciente mais jovem internado tem 24 anos e, o mais velho, 89. 

A UTI do Tacchini tem 45 leitos regulares de UTI, sendo que os demais pacientes graves estão sendo atendidos em outras alas do hospital, adaptadas como UTIs provisórias. 
 




Curta o SERRANOSSA