Segurança
01/11/2011 12:10:19, escrita por SERRANOSSA

Incêndio deixa duas famílias desabrigadas

Em uma das casas moravam oito pessoas, entre as quais uma criança de sete anos e uma mulher grávida

Um incêndio que iniciou por volta da 1h25min da madrugada desta terça-feira, dia 11, na rua Giácomo Baccin, bairro Aparecida, deixou duas famílias desabrigadas. Um dos moradores, Iago da Rosa, de 18 anos, teve queimaduras de segundo grau nas costas e em parte do braço. A companheira dele, Magali Luana Cardoso, de 19 anos, grávida de oito meses, também foi encaminhada para observação médica por precaução. Outras seis pessoas residiam no local, entre as quais uma criança de sete anos. Elas não se feriram, assim como os moradores da casa vizinha, que também foi destruída.

No combate às chamas, isolamento para que outras casas não fossem atingidas e rescaldo os oito bombeiros designados para a ocorrência utilizaram cerca de 22 mil litros de água.

Segundo relato dos moradores da casa de número 195, o incêndio iniciou do lado de fora da residência e atingiu primeiramente a porta da frente e as janelas. A casa foi totalmente consumida pelas chamas. A explosão de botijões de gás – havia pelo menos quatro na residência – fez com que as chamas se espalhassem também para a casa vizinha, de número 175. Da residência mista restaram apenas as paredes externas de alvenaria e muitos escombros. Tudo que havia no interior foi consumido.

As famílias perderam tudo e necessitam de roupas, calçados, alimentos, material de higiene e de construção, além de móveis e eletrodomésticos. Quem quiser ajudar as vítimas pode entrar em contato pelos telefones 9615 6070 (Éder), 8146 4976 (Iara) ou 9601 2571 (Rudimara).

Saiba mais sobre o incêndio na edição impressa do SerraNossa que circula na próxima sexta-feira, dia 14.

Greice Scotton

 

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Jornal SerraNossa

Orkut: http://www.orkut.com.br



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA