Segurança
02/11/2011 09:44:34, escrita por SERRANOSSA

Acusado pelo assassinato de Bertuol consegue liberdade provisória

Marcos de Jesus de Matos Leão, de 33 anos de idade, era cunhado da vítima

O homem preso em flagrante pela morte do piloto de corridas bento-gonçalvense Paulo Bertuol deixou o Presídio Estadual de Bento Gonçalves nesta semana. Ele obteve a liberdade provisória por possuir residência e emprego fixos na cidade onde reside, no estado do Paraná, e por não ter antecedentes criminais.

“Neste caso, especificamente, não houve indícios que possibilitassem a decretação de prisão preventiva e, portanto, ele obteve liberdade provisória”, explica o delegado Leônidas Augusto Costa Reis, que responde pelo 2º Distrito Policial, onde o inquérito foi instaurado, durante as férias do delegado titular Álvaro Pacheco Becker. Ainda segundo o delegado, somente em caso de o acusado apresentar tendência à fuga, ameaçar testemunhas ou dificultar o andamento do processo, por exemplo, é que a preventiva pode ser solicitada.

Marcos de Jesus de Matos Leão, de 33 anos de idade, era cunhado da vítima e foi preso pela Brigada Militar ainda no dia do crime, ocorrido no dia 30 de janeiro, na linha Sertorina. Ele foi apanhado depois de deixar o cunhado ferido no hospital. Bertuol tinha 54 anos de idade e foi morto na sacada do sítio onde residia com a esposa e um filho com pelo menos quatro facadas depois de uma suposta discussão com o autor.

 




Curta o SERRANOSSA