Segurança
04/08/2011 09:01:02, escrita por SERRANOSSA

Internet pode ajudar a reduzir filas para registro

Falta de funcionários é um dos motivos da demora, que pode ser amenizada com uso da tecnologia

Entre 12 mil e 13 mil casos são registrados anualmente na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Bento Gonçalves (DPPA), popularmente conhecida como plantão da Polícia Civil. Com apenas dois policiais a cada turno de 24 horas, as filas e reclamações tornam-se inevitáveis. A demora no atendimento na DPPA foi uma das reclamações feitas por comerciantes associados ao Sindilojas em um encontro que teve a segurança pública como pauta principal na última semana.

Segundo os lojistas, a demora no atendimento acaba sendo fator fundamental na hora de decidir registrar ou não pequenos furtos e faz com que as estatísticas da polícia civil fiquem prejudicadas. “A Polícia trabalha com estatísticas, afinal, não temos bola de cristal. Quando se deixa de registrar um crime, este trabalho fica comprometido”, alertou o delegado titular do 1º Distrito Policial, Leônidas Augusto Costa Reis.

O problema atinge toda a população que precisa efetuar o registro. A falta de informação, associada ao número reduzido de funcionários são, segundo a delegada titular da DPPA, Isabel Pires Trevisan, alguns dos motivos de eventuais demoras. “Temos dias e horários específicos em que, realmente, fica difícil até de entrar na delegacia”, afirma. Geralmente os dias mais tumultuados são a segunda e a sexta-feira, especialmente no horário do final da tarde, quando as pessoas saem do trabalho. Em compensação, ao meio-dia e aos finais de semana é muito tranquilo”, aponta a delegada.

A falta de efetivo é um problema que existe em Bento Gonçalves há, pelo menos, dez anos e que, por enquanto, não tem prazo para ser resolvido. Em fevereiro o SerraNossa divulgou a intenção de trazer a Bento Gonçalves novos agentes – seriam 177 em toda a região – após realização de concurso público em nível estadual, entretanto, a solicitação já foi feita em outras vezes e não foi atendida.

Computador

O Sindilojas se disponibilizou a comprar um novo computador para a DPPA. O equipamento poderia ser operado por estagiários para auxiliar as pessoas a efetuar o registro de ocorrências possíveis de serem feitas através do site da Delegacia On Line. Crimes em que há uso de violência ou de maior vulto podem ser registrados, por lei, apenas por policiais. A ideia é que um dos estagiários fique à disposição das pessoas que preferem ir pessoalmente registrar furto ou perda de celular e documentos e acidentes de trânsito sem pessoas feridas, diminuindo as filas no plantão e agilizando o atendimento.

Confira algumas dicas:

Onde fica: a DPPA funciona na rua 13 de maio, bairro Centro, próximo à esquina com a rua Assis Brasil e ao Presídio Estadual. Para chegar ao plantão pode-se acessar o estacionamento, que fica entre os prédios do 1º e 2º DP

Horário: a DPPA funciona 24 horas por dia

Dias mais agitados: 2ª e 6ª feira

Horário com maior movimento: das 17h às 20h

Horário com menor movimento: meio-dia e finais de semana

O que é preciso levar: para agilizar o atendimento, leve um documento de identificação

Resuma a história: na hora do registro, tente ser o mais objetivo possível, descrevendo ao policial o que aconteceu. Por mais assustado que você esteja, o nervosismo só atrapalha

Registre em casa: Uma das formas mais simples de evitar as filas para registro de ocorrência é aproveitar uma facilidade oferecida pela tecnologia. Quem perdeu documentos ou objetos ou sofreu acidentes de carro com apenas danos materiais não precisa ir pessoalmente até a delegacia. Basta acessar o site da Delegacia On-line (www.delegaciaonline.rs.gov.br) e efetuar o registro da própria casa ou trabalho. O processo é simples e, na maior parte das vezes, muito mais rápido do que o atendimento presencial. Basta acessar o site e seguir as orientações da própria página, que são bastante didáticas e, inclusive, ilustradas.

O que pode ser registrado on-line: Perda ou furto de documentos, celulares, talões de notas fiscais, cheques avulsos ou em talão, cartão de crédito ou objeto; Acidente de trânsito com danos materiais.

Importante: Via internet é aceito somente registro de ocorrências de furto (quando o objeto foi retirado sem uso de violência). Casos de roubo (com uso de violência), bem como outros crimes que envolvam pessoas feridas, devem ser registrados pessoalmente na DPPA

Greice Scotton

 

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Jornal SerraNossa

Orkut: http://www.orkut.com.br




Curta o SERRANOSSA