Segurança
10/11/2018 09:44:32, escrita por SERRANOSSA

Polícia Civil prende suspeito de latrocínio que vitimou empresário no bairro Botafogo

Agentes da Polícia Civil prenderam um homem suspeito de ter sido o autor do disparo que matou o empresário Gregório Bruschi, sócio-proprietário da Rede de Supermercados Grepar, no dia 6 de setembro.

A prisão foi realizada pela equipe de investigação da 2ª Delegacia de Polícia de Bento Gonçalves, com apoio de agentes da 1ª DP. O suspeito, de 39 anos, estava escondido no interior de uma residência na rua José João Tomedi no bairro Fenavinho. Ele estava foragido da Justiça. Agora, o delegado Álvaro Pacheco Becker juntas os elementos para confirmar que o indivíduo é o autor do crime.

Relembre

Na noite do dia 6 de setembro deste ano, um homem armado invadiu o Mercado Grepar localizado na travessa Guaporé, no bairro Botafogo, por volta das 19h15. Gregório Bruschi ajudava uma funcionária no caixa e acabou atingido com um tiro na perna esquerda, mesmo sem esboçar reação. O bandido fugiu depois de atirar e não levou nada do estabelecimento. 

O empresário chegou a ser socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levado para o hospital e passou por cirurgias. Depois de três dias internado na Unidade de Terapia Intensiva, ele não resistiu e faleceu. O crime chocou a comunidade.



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA