Segurança
09/05/2019 16:40:52, escrita por Greice Scotton Locatelli

Agosto é o mês mais violento do ano

O mês de agosto teve 9 assassinatos em Bento Gonçalves, a maior média registrada desde o início do ano – até então o mês mais violento havia sido julho, com 6 crimes desse tipo. Os casos ocorreram nos bairros Santa Marta, Santa Rita, São Francisco, Salgado e Conceição, além de três mortes no interior: uma no Vale Aurora e duas na localidade de Verissimo de Mattos. Entre as vítimas estão 7 homens e 2 mulheres, com idades que variam de 18 a 42 anos. Em apenas um dos casos a morte ocorreu decorrente de ferimentos à faca – os demais tiveram uso de arma de fogo.

O caso mais recente foi registrado no final da noite do último dia 30. Por volta das 23h, um homem identificado como Bruno de Souza, de 28 anos, foi morto a tiros na rua Osvaldo Henrique Veríssimo, loteamento Tancredo Neves (bairro Conceição). De acordo com a Brigada Militar, a vítima foi morta por disparos de arma de fogo em um pequeno matagal. O Samu compareceu no local e atestou o óbito. A BM informou que ele tinha antecedentes por posse de drogas, receptação, falsa comunicação de crime, ameaça e dano.

 

Estatísticas preliminares
Desde janeiro, 37 homicídios foram registrados na cidade (um deles no mês de setembro – confira ao lado). Entretanto, essa estatística é preliminar, já que há dois casos ainda não configurados oficialmente como homicídio: o de um homem de 47 anos, baleado em janeiro, que morreu em abril; e o de um apenado do Presídio de Bento Gonçalves que morreu em junho, dez dias depois de uma briga generalizada dentro da casa de detenção. Além desses, há duas mortes ocorridas após confrontos com a Brigada Militar, em São Valentim (maio) e no Vale dos Vinhedos (agosto). Esses dois casos foram registrados como morte em confronto e não homicídio, de acordo com a Polícia Civil.
 



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA