Segurança
29/05/2020 21:40:47, escrita por SERRANOSSA

Operação Tamoio: PRF prende homem com cerca de uma tonelada de maconha em Caxias do Sul

Na manhã desta sexta-feira, 29/05, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem por tráfico de drogas e apreendeu cerca de uma tonelada de maconha sendo transportada em um caminhão de mudanças na BR-116, em Caxias do Sul.


 

Após ação do setor de inteligência da PRF, agentes abordaram um caminhão de mudança para fiscalização na unidade operacional em Caxias do Sul. O veículo, emplacado em Sarandi, estava carregado com caixas de madeira, dificultando a verificação do conteúdo.


 

Com apoio do Grupo de Operação com Cães da PRF, foi localizado no interior do baú do veículo grande quantidade de tijolos de maconha. O peso total da droga antes da pesagem é estimado em cerca de uma tonelada. A droga teria como destino a região do Vale do Sinos.

O criminoso, o veículo e a droga foram encaminhados à área judiciária.


Torres: traficante com 40 quilos de cocaína é preso

Ainda na sexta-feira, no final da tarde, em mais uma ação da Operação Tamoio, agentes da PRF abordaram um automóvel HB20, emplacado em Porto Alegre, em Torres (RS). Ao efetuarem consulta nos sistemas, os policiais descobriram que o motorista, 36 anos, natural de Curitiba/PR, tinha antecedentes por furto e receptação.


 

Em conversa com os agentes federais, o motorista alegou que estaria apenas levando o carro de Curitiba/PR até a cidade de Gravataí/RS, mas não soube dizer exatamente onde faria a entrega do veículo nem para quem. Desconfiados, os policiais decidiram aprofundar a vistoria do carro, e acabaram encontrando 40kg de pasta-base de cocaína em um compartimento oculto no painel do HB20.

O traficante foi preso e encaminhado à área judiciária local para o registro da ocorrência, com o veículo e a droga apreendidos.


Entenda a Operação Tamoio
A Polícia Rodoviária Federal, em atividade denominada Operação Tamoio, vem executando ações de combate ao crime, especialmente ao tráfico de drogas e armamentos, com emprego contínuo dos agentes de inteligência e com a utilização prioritária de recursos especializados (agentes e equipamentos).

 

Fonte: PRF-RS




Curta o SERRANOSSA