Vida & Estilo
20/07/2012 15:12:48, escrita por SERRANOSSA

Farinha de berinjela faz você emagrecer mais

Suplemento afasta a sensação de fome, seca a barriga e ajuda a diminuir o colesterol ruim

Quando aparece mais uma novidade em relação a emagrecimento, quem vive brigando com a balança logo se anima. No caso da farinha de berinjela, a ciência justifica a empolgação: um estudo realizado na Universidade Federal do Rio de Janeiro mostrou que seu consumo realmente age na perda de peso. E, de quebra, ajuda na diminuição do colesterol ruim.

Participaram da pesquisa 14 mulheres obesas, com idade entre 45 e 55 anos. Sete integrantes receberam apenas uma dieta com valor calórico reduzido e emagreceram 3kg, em média, e reduziram 3cm da cintura. O restante do grupo, que fez dieta e consumiu a farinha de berinjela, perdeu 6kg e 12cm de cintura, em média. “Os resultados duas vezes mais eficientes podem estar associados ao alto teor de fibras (cerca de 40%) da farinha de berinjela”, afirma a nutricionista MauaraScorsatto, uma das pesquisadoras do estudo.

A berinjela em versão pó tem mais fibras do que o suco ou a sopa, em que elas são diluídas e não apresentam a mesma eficácia. As receitas caseiras da farinha de berinjela não são tão eficientes como o produto industrializado utilizado no estudo da Universidade do Rio de Janeiro. Casas de alimentos naturais oferecem várias marcas diferentes do produto.

Emagrecimento

De acordo com a nutricionista Aline Castro Pimentel, também envolvida com a pesquisa, a farinha pode auxiliar no processo de emagrecimento ao oferecer grande quantidade de fibras. “Esses nutrientes, em contato com a água, ganham volume e preenchem o estômago, dando a sensação de saciedade. A diminuição da barriga ainda não está bem explicada, mas já existem estudos relacionando o consumo de fibras à redução da circunferência da cintura”, explica. Segundo Aline, as fibras insolúveis, presentes na farinha de berinjela, absorvem água no intestino e aumentam o volume e o peso das fezes. “Há aumento na pressão exercida na parede do intestino, que passa a funcionar melhor e se esvaziar em intervalos mais breves. Se a farinha for consumida em excesso, pode causar desconfortos abdominais, como diarreia, distensão abdominal e flatulência”, afirma. O ideal é limitar a dose a quatro colheres de sopa por dia: duas no café da manhã e mais duas no jantar.

Controle do colesterol

Para a nutricionista Flávia Morais, a diminuição dos níveis de LDL (colesterol ruim) acontece graças à eliminação de ácidos biliares. Por favorecer o trânsito intestinal, a farinha de berinjela aumenta a eliminação destes ácidos, que são compostos por moléculas de colesterol. O organismo utilizará mais colesterol para produzi-los e, com isso, os níveis serão reduzidos.

A farinha também tem ação diurética devido às vitaminas e aos minerais, próprios da berinjela, que favorecem o bom funcionamento dos rins. Por isso, o suplemento facilita a eliminação de toxinas circulantes pelo organismo e combate a retenção de líquidos. O benefício, no entanto, depende do consumo regular de água. A casca da berinjela, mantida no processamento da farinha, é rica em vitaminas A e C – dois nutrientes famosos pela ação antioxidante. “Isso quer dizer que elas protegem o organismo contra ação dos radicais livres, substâncias naturalmente produzidas pelo seu corpo e de ação degenerativa”, afirma Flávia. 

 
Por Manuela Pagan
Fonte: Minha Vida
 


Siga o SERRANOSSA!

Twitter: @SERRANOSSA

Facebook: Grupo SERRANOSSA




Curta o SERRANOSSA