Vida & Estilo
23/08/2012 16:26:03, escrita por SERRANOSSA

Pesar-se frequentemente pode atrapalhar a dieta

Estudo diz que ser refém da balança gera ansiedade, podendo ser alerta para transtornos alimentares

Entrar em guerra com a balança pode ter motivações muito maiores do que a simples perda de peso. Um estudo desenvolvido no Instituto de Psiquiatria da Universidade de São Paulo (USP) revela que pessoas insatisfeitas se pesam mais que as outras. Os dados sugerem que as intenções podem ter um fundo psicológico, como se lembrar de que está acima do peso. 

A pesquisa foi feita com 125 pessoas com e sem transtornos alimentares, como anorexia e bulimia. Analisando os resultados, os autores observaram que as pessoas que se pesavam constantemente – até mesmo mais de uma vez por dia – tinham o objetivo de saber o quanto poderiam comer no dia seguinte ou a quantidade de exercícios que seriam necessários. Outros motivos que levaram os entrevistados à balança eram a saúde e a autocobrança. Em todos os casos, a expectativa gerada pela pesagem pode causar extrema ansiedade, sentimento inimigo da dieta.

Segundo os pesquisadores, pesar-se demais não quer dizer necessariamente que a pessoa tenha um transtorno alimentar, mas é um alerta. Para os autores, é preciso observar outros sinais, como se a pessoa tem preocupação exagerada com o físico, se ela organiza a vida pela pesagem e se fica angustiada quando não se pesa. Há também outras rotinas associadas ao exagero, como se olhar no espelho com frequência, experimentar roupas ou apertar dobrinhas.

 
Sete hábitos para o sucesso da dieta 

Começar uma dieta é difícil, mas, mais duro do que decidir economizar as calorias, é seguir firme nessa decisão. A seguir, confira uma série de hábitos sugeridos pela nutricionista Roberta Stella, do Dieta e Saúde, que vão facilitar a sua vida. Até porque já foi o tempo em que dieta era sinônimo de sofrimento.

*Estabeleça uma rotina alimentar: planejar as refeições que farão parte do dia é um passo importante para organizar a alimentação. O ideal é fazer as três refeições principais (café da manhã, almoço e jantar) e dois pequenos lanches. De acordo com a fome, pode-se estipular em quais períodos do dia você irá ingerir os lanches. Quem sente muita fome pela manhã e à tarde, deve fazer os lanches nesse período. Se for à tarde e à noite, após o jantar, estipule o lanche da tarde e o da noite.

*Fixe horários para as refeições: dessa maneira, você evita beliscar entre elas e para de consumir calorias sem perceber. Além disso, fica fácil deixar de comer em horários muito próximos das refeições. Estipule seus horários de acordo com a rotina do dia.

*Tenha uma alimentação variada: a alimentação não deve ser monótona e nem baseada em poucos alimentos. Por isso, consumir leites e derivados, carnes magras, legumes, frutas, verduras e cereais fará com que a quantidade de nutrientes recomendada seja atingida, mesmo que a quantidade de calorias consumida diminua.

*Saiba dizer não: você está de dieta, mas sua família e seus amigos estão livres para comerem à vontade. Eles, até por educação, podem oferecer o seu doce predileto, dizer que fizeram aquele bolo mais do que especial pensando em você. Delicadamente, diga não. Isso será uma vitória para você, dando mais força para seguir em frente.

*Persista: se não resistiu e saiu da dieta, se o peso estacionou por alguns dias ou a baixa nos quilos ficou muito abaixo da esperada, não desista. Essas são situações que ocorrem com todas as pessoas que estão emagrecendo e é difícil escapar delas. Entretanto, a diferença entre a pessoa que atinge o objetivo e aquela que está a todo o momento reiniciando é que a primeira não desistiu.

*Acompanhe sua evolução: isso é muito importante para estimular a continuar firme em seu propósito. Entretanto, é igualmente necessário saber que a eliminação de peso não é constante. Nas duas primeiras semanas, a queda de peso tende a ser maior. A partir daí, a redução será mais gradual. Encare isso como um desafio e não como um motivo de desânimo e desestímulo.

*Faça atividade física: a prática de exercícios regulares é a melhor aliada para o emagrecimento. Reserve um período do dia para se exercitar. Pequenas atitudes já são um bom começo: vá de escada em vez de usar o elevador ou as escadas rolantes. Dispense o carro ou o ônibus nos pequenos percursos e aproveite para caminhar.


Fonte: Portal Minha Vida
(www.minhavida.com.br)


Siga o SERRANOSSA!

Twitter: @SERRANOSSA

Facebook: Grupo SERRANOSSA




Curta o SERRANOSSA