Vida & Estilo
09/06/2012 11:36:18, escrita por SERRANOSSA

Vinagre como aliado da saúde

Tempero garante sabor especial a saladas e pode ajudar a reduzir os níveis de açúcar no sangue

Um estudo da Universidade de Michigan (EUA), publicado no jornal científico “Diabetes Care”, da Associação Americana do Diabetes, sugere que consumir cerca de quatro colheres de chá (20 mililitros) de vinagre branco por dia reduz em 30% a resposta glicêmica do organismo, regulando os níveis de insulina no sangue. 

Foram testados dois grupos de pessoas, com 10 participantes cada, em que um acrescentou a sua dieta o vinagre na quantidade sugerida e outro que recebeu apenas um placebo. Após dois meses de estudos, os cientistas perceberam que houve alterações na absorção do açúcar pelo organismo dos que receberam o vinagre e a manutenção das taxas glicêmicas no organismo dos que receberam apenas o placebo. 

Segundo os pesquisadores, o segredo do vinagre está no ácido acético que o compõe. Isso porque o ácido ativa genes responsáveis por enzimas de oxidação dos ácidos graxos. O que ocorre é que com a quebra das partículas de gordura formadas pelo açúcar e com sua eliminação, há a diminuição de seu acúmulo no corpo e a redução de sua absorção pelo organismo. Porém, os cientistas alertam que mais estudos são necessários antes de se prescreverw qualquer coisa em relação ao uso do vinagre para essa finalidade.


Diabetes

O diabetes é uma disfunção do metabolismo, ou seja, da forma como o organismo faz uso da digestão dos alimentos para crescer e produzir energia. Grande parte daquilo que as pessoas comem é quebrada em partículas de glicose, um tipo de açúcar que fica no sangue. Essa substância é o principal combustível para o corpo. Depois da digestão, a glicose passa para a corrente sanguínea, onde as células a utilizam no crescimento e na produção de energia. No entanto, para que ela possa adentrar as células, precisa da ajuda de um hormônio produzido no pâncreas, a insulina. Quando a pessoa se alimenta, o pâncreas fornece a quantidade certa de insulina necessária para mover a glicose do sangue para as células do corpo. Em quem tem diabetes, porém, a produção do hormônio é menor ou as células não respondem da forma esperada. O que acontece? A glicose do sangue vai direto para a urina sem que o corpo se aproveite dela. Ou então fica no sangue, ocasionando o aumento de glicemia (concentração de glicose) e também não é aproveitada pelas células. Deste modo, o corpo perde sua principal fonte de combustível, pois mesmo que haja a glicose no sangue, ela não é utilizada.


Fonte: Portal Minha Vida
(www.minhavida.com.br)


Siga o SERRANOSSA!

Twitter: @SERRANOSSA

Facebook: Grupo SERRANOSSA




Curta o SERRANOSSA