Vida & Estilo
21/11/2019 14:54:09, escrita por SERRANOSSA

Hipnose condicionativa: alternativa para tratar insegurança, baixa autoestima e medos

Joana, de 26 anos, encontrou na técnica o caminho para alavancar a carreira e a vida pessoal

Uma oportunidade de assumir um cargo de liderança e o medo desproporcional que a chance de ser promovida no trabalho trouxe foi o que motivou a Assistente Administrativa Joana, de 26 anos, a buscar ajuda através da hipnose condicionativa. Ela conta que se identificou com uma reportagem que descrevia a técnica como auxiliar no tratamento contra insegurança, baixa autoestima e medos. 

Uma das características da técnica foi o que despertou mais curiosidade. “Eu resolvi apostar na hipnose porque tinha bastante dificuldade de me abrir e de falar sobre a minha vida com as pessoas, mesmo as mais próximas, em função da timidez. Então, quando soube que não era preciso falar muito, quis tentar e não me arrependo”, comenta.

Desde então, já foram oito sessões, com resultados excelentes. “Antes da hipnose eu me sentia muito insegura o tempo todo, inferior aos outros, não importava onde ou com quem estivesse. Sempre que ouvia um elogio, eu duvidava de quem estava falando, achava que não merecia tudo aquilo que as pessoas me falavam. Quando recebi a oferta de promoção, ouvi todas as qualidades e elogios da minha avaliação, mas ainda assim nada daquilo fazia sentido para mim, eu não conseguia enxergar esse potencial do qual as pessoas me falavam”, detalha Joana.

Tudo mudou – para melhor – após a hipnose. “Hoje já me sinto muito mais confiante, já consigo aceitar elogios e tenho notado uma crescente mudança no meu modo de pensar sobre mim mesma. Tenho me sentido mais segura para falar com as pessoas e assumir compromissos que antes eu achava que não era capaz, não tenho mais medo do que vão pensar de mim”, comemora. 

Os benefícios, aliás, tiveram impacto positivo também na vida pessoal dela. “Estou perdendo a vergonha e medo de conhecer pessoas e de ir a lugares que antes achava que não eram para mim. Depois da hipnose, eu me sinto mais livre”, comenta.

 


 

O que é a hipnose condicionativa?

“É uma técnica terapêutica, realizada apenas em consultório, que busca melhorar a vida das pessoas, resolvendo  problemas como baixa autoestima, insegurança, ansiedade, depressão, medos, desânimo, insônia, obesidade e hábitos nocivos, por exemplo”, diz a hipnóloga condicionativa Adriele Sopelsa, de Garibaldi. As sessões têm duração de até 2 horas, iniciando com relaxamento. O paciente não precisa se expor durante a sessão, apenas ouvir o que está sendo dito pela terapeuta.

Desde que haja uma vontade real do paciente de mudar, os resultados são rápidos, geralmente a partir da terceira sessão. “Essa rapidez nos resultados é possível porque através da hipnose condicionativa ocorre uma ‘limpeza’ de bloqueios e traumas, sem, no entanto, as pessoas precisarem reviver esse trauma. A hipnose condicionativa não tem o objetivo de descobrir a causa que originou o problema, mas, sim, solucioná-lo, também recondicionando o paciente para novas maneiras de agir e viver e isso faz com que haja uma melhora na sua qualidade de vida”, detalha. 

Ela diz que a maioria dos pacientes sente os resultados positivos em vários aspectos do dia a dia. Há relatos de pacientes que tem sono mais reparador, mais disposição para a realização das atividades cotidianas, inclusive para exercícios físicos, melhora da autoestima, entre muitos outros resultados, destaca.


Adriele Sopelsa é Hipnóloga Condicionativa (Terapeuta Holística), Pós-graduada em Psicologia Transpessoal e membro do Instituto Brasileiro de Hipnologia. Os atendimentos ocorrem em Garibaldi. Mais informações pelo telefone (54) 99936 4051 ou através do e-mail [email protected]




Curta o SERRANOSSA