• Vinícola Garibaldi

Obra em escola de Bento é embargada pelo Ministério Público do Trabalho

  • Vinícola Garibaldi

A decisão do órgão se motivou pela precariedade em instalações elétricas e na falta de EPIs

Foto: Divulgação

O Ministério Público do Trabalho e Emprego (MPTE) embargou, nesta terça-feira, 14/11, as obras de ampliação da escola Anselmo Luiggi Piccoli, no bairro Cohab, em Bento Gonçalves.

Conforme o documento do órgão são necessárias, por parte da empresa responsável pela obra, adequações nas instalações elétricas e de equipamentos de proteção individuais (EPIs). No local, é realizada reforma na estrutura existente e ampliação nas salas de aula. 

A obra é executada por uma empresa terceirizada, contratada por licitação para a construção, e custa mais de R$ 2,8 milhões.

O Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (IPURB) da cidade abriu procedimento administrativo para questionar a empresa e, se necessário, será realizada inexecução contratual.