Obras do bloco cirúrgico atrasam e devem ser concluídas apenas em julho

Expectativa era que segunda etapa da estrutura no Complexo Hospitalar de Saúde, no bairro Botafogo, fosse entregue ainda em novembro do ano passado. Espaço contará com oito salas de cirurgia

Foto: Eduarda Bucco/SERRANOSSA

A prefeitura de Bento Gonçalves publicou nesta terça-feira, 05/04, o termo de aditamento contratual com a empresa Construvia Serviços de Reformas Prediais EIRELI, responsável pelas obras do Bloco Cirúrgico do município. A estrutura está sendo erguida em anexo à UPA 24h, no Complexo Hospitalar de Saúde, no bairro Botafogo. As obras iniciaram ainda em 2019, mas haviam sido temporariamente interrompidas. Em março do ano passado, após licitação, a construção foi retomada, com expectativa de conclusão em novembro.

Entretanto, o contrato foi prorrogado até 15/07 deste ano, chegando ao valor total de R$ 4.301.182,64 – um aumento de 26% do valor inicial, que era de R$ 3.399.288,39, conforme informações do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

De acordo com a prefeitura, o atraso se deu, principalmente, por conta da compra dos equipamentos de gás medicinal, “que são máquinas importadas que demoraram para chegar”. Além disso, a administração pública citou questões climáticas e a falta de mão de obra enfrentada durante o período da pandemia como fatores que também levaram ao atraso no término das obras.

No momento, falta apenas a instalação elétrica, hidráulica e os acabamentos da estrutura.

A primeira etapa do Bloco Cirúrgico, concluída em setembro de 2020, conta com o Centro de Material Esterilizado, com banheiros e vestiários de barreira masculinos e femininos, sala administrativa, e estar médico. Já a segunda etapa compreenderá área de transferência do paciente, sala de preparo e banheiro para o paciente, oito salas de cirurgia, sala de recuperação pós-anestésica, sala de armazenagem e distribuição de materiais e roupas esterilizadas, depósito de materiais e equipamentos, DML, Sala de Utilidades, Farmácia satélite e circulação interna. A área total é de 2.478,20m².

Foto: Divulgação/Prefeitura de Bento

Leitos de UTI

O terceiro andar do prédio onde está sendo construído o Bloco Cirúrgico contará com 15 de leitos de UTI, obra que será realizada com uma verba de R$ 3,6 milhões do governo do Estado – por meio do programa Avançar na Saúde. O anúncio do aporte ao município foi feito no dia 31/03. O andar com leitos de UTI teria cerca de 1.300m².

A verba foi conquistada após reunião realizada em Bento no dia 10/03 com a secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann.

O projeto completo do Complexo Hospitalar de Saúde prevê a instalação de 170 leitos, além dos 15 leitos de UTI e das oito salas cirúrgicas. Atualmente, já está em funcionamento no local a UPA 24h, o laboratório de Análises Clínicas e Patologia, o Centro de Especialidades Odontológicas e o primeiro andar das unidades de internação.

Além do bloco cirúrgico, estão em execução as obras do elevador, da farmácia e de revitalização do antigo Hospital Galassi.