• Vinícola Garibaldi

Primeiro refrigerante de pitaya é produzido no Rio Grande do Sul

  • Vinícola Garibaldi

A bebida foi desenvolvida na cidade de Sério, com apoio de uma universidade gaúcha

Foto: Pedro Rodrigues

Sem açúcar e sem glúten, com pitada de uva. Essa é a composição do refrigerante de pitaya em lata criado por grupo de produtores da cidade de Sério, no Rio Grande do Sul, com apoio da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos).

O produto será lançado e vendido durante a feira que exalta o potencial da fruta. Após um ano de testes, a associação dos produtores, com apoio do governo municipal, obteve o registro no Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa).

Conforme o prefeito de Sério, Moisés de Freitas, esse é o primeiro refrigerante de pitaya produzido em escala comercial no país. Durante a feira será vendido por R$ 8.

Além do refri em lata, outros produtos com pitaya serão comercializados: pão, bolo, chopp e fruta in natura.

Foto: Freepik

Fonte: A Hora