• Ótica Debianchi Lente em Dobro
  • Naturepet Pharma
  • Vinícola Garibaldi
  • Envase

Tacchini confirma participação em projetos internacionais de sustentabilidade

  • Naturepet Pharma
  • Envase
  • Vinícola Garibaldi
  • Posto Ravanello
  • Debianchi

A adesão ao programa vai ao encontro da visão de sustentabilidade implantada pelo Tacchini em diversas ações ao longo dos últimos anos

Foto: Tiago Flaiban/Tacchini

Nas últimas semanas, o Tacchini Sistema de Saúde confirmou sua adesão ao Projeto Hospitais Saudáveis – PHS e à Rede Global de Hospitais Verdes e Saudáveis. A associação sem fins econômicos se dedica a transformar o setor de saúde em um exemplo para toda a sociedade em aspectos de proteção ao meio ambiente e à saúde dos colaboradores, pacientes e da população em geral.

A iniciativa global conta com a participação de mais de 43 mil hospitais e sistemas de saúde em todo o mundo. No Brasil, são 17 sistemas de saúde participantes e 282 membros institucionais (hospitais e outras unidades de saúde), que fazem parte da ação a partir da adesão ao Projeto Hospitais Sustentáveis (PHS).

A adesão ao programa vai ao encontro da visão de sustentabilidade implantada pelo Tacchini em diversas ações ao longo dos últimos anos. Como exemplo, podemos citar o projeto Eficiência Total, cujo principal objetivo é a digitalização completa de todos os documentos fornecidos pela instituição; a utilização exclusiva de energia elétrica originada através de fontes limpas, totalmente renováveis e que não agridem o meio ambiente; bem como a instalação de uma usina fotovoltaica que atende todo o Hospital São Roque, de Carlos Barbosa”, descreve o superintendente do Hospital Tacchini, Hilton Mancio.

Vantagens de participar do PHS

Ao se tornar membro do Projeto Hospitais Sustentáveis (PHS), o Tacchini concorda em participar de uma rede de cooperação que tem como ponto de partida o comprometimento das instituições de saúde do país, bem como dos profissionais de todas as categorias que atuam no sistema de saúde brasileiro. A intenção é compartilhar conhecimento e realizar ações que visam a melhoria contínua das práticas socioambientais de cada um dos participantes.

Além do setor de assistência à saúde, o PHS atua em parceria com organizações profissionais, sindicais e setoriais, institutos de ensino e pesquisa, órgãos públicos e organizações não governamentais das áreas de saúde e segurança do trabalho, saúde pública e meio ambiente.

Envolvimento em 3 projetos

Dentro do PHS, o Tacchini Sistema de Saúde participa ativamente de três desafios: o “Desafio Compras Sustentáveis” tem o objetivo de ampliar a adoção de políticas de compras sustentáveis alinhadas à defesa da saúde pública e, assim, aumentar a demanda por produtos e serviços mais sustentáveis e reduzir o uso de substâncias químicas perigosas e de produtos prejudiciais ao meio ambiente e à saúde humana.

Já o “Desafio Resíduos de Serviços de Saúde” mobiliza e incentiva o aprimoramento de práticas de gerenciamento de resíduos de serviços de saúde, reduzindo a geração de resíduos, ampliando a reciclagem e diminuindo a proporção de resíduos perigosos que necessitam tratamento especial, por meio do aprimoramento seguro e racional das práticas de segregação.

O “Desafio à Saúde pelo Clima”  mobiliza organizações de saúde de todo o mundo a se tornarem mais resilientes e reduzirem progressivamente suas emissões de gases do efeito estufa. Os participantes do Desafio reportam dados e recebem suporte técnico para gerenciar seu impacto climático com base em três pilares: liderança, resiliência e mitigação. A intenção é zerar as emissões do setor até o ano 2050.

“As ações que vêm sendo realizadas são mapeadas, detalhadas e quantificadas. Estas informações são compartilhadas com vários hospitais a fim de aprimorar processos e melhor o resultado final de todos. Dessa forma, caminhamos juntos na direção de um mesmo objetivo: a sustentabilidade ambiental”, avalia Renato Conci, Coordenador de Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Tacchini Sistema de Saúde.