• Vinícola Garibaldi

Trecho da ERS-444, no Vale dos Vinhedos, destruído pelas chuvas é restaurado

  • Vinícola Garibaldi

A iniciativa partiu do movimento “Unidos por Bento”

Trecho da ERS-444, no Vale dos Vinhedos, destruído pelas chuvas é restaurado
Fotos: Exata Comunicação, Bárbara Salvatti

O movimento “Unidos por Bento” vem entregando uma série de contribuições às vítimas das enchentes atingidas pelo maior desastre climático no Rio Grande do Sul e, também, de incentivo à aceleração da reconstrução dos prejuízos e retomada da vida da comunidade. Exemplo disso foi a inauguração da obra de restauração da RS 444 (KM 19.5), no ponto próximo ao acesso para a vinícola Cave do Sol.

O ato simbólico ocorreu na tarde de sexta-feira, 07/06, com liberação do tráfego de veículos na via e assinala o restauro do único ponto de interdição no Vale dos Vinhedos, permitindo a retomada plena da circulação na região. “A conclusão dessa obra, em um curtíssimo espaço de tempo, é fundamental para auxiliar na recuperação do turismo na região, que desapareceu no mês de maio e, agora, encontra oportunidade e condições de começar a se reestabelecer, aproveitando o período de alta temporada na região”, argumentou Carlos Lazzari, presidente do Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG), que capitaneia o movimento ao lado de cerca de outras 20 entidades representativas, com o apoio do Poder Público, de pessoas físicas e jurídicas.

Feita com recursos de entidades, empresas e pessoas, a obra é uma conquista que precisa ser valorizada, de acordo com o prefeito de Bento Gonçalves, Diogo Siqueira (PSDB). “Esse exemplo que vemos aqui, em Bento Gonçalves, nos ensina a importância de reconhecermos quando precisamos de auxilio e de pedirmos ajuda, pois assim conseguimos passar mais rápido pelo problema. É uma lição a ser reproduzida”, disse.

Como foram os trabalhos

As obras iniciaram dia 09 de maio, após uma série de análises técnicas, e envolveram trabalhos preparativos, com bases de concreto armado, assentamento de galerias de concreto, reaterro com pedras e finalização com asfaltamento da via. “Agradecemos a todos por terem nos confiado essa missão”, disse o presidente da Ascon Vinhedos, Alan Scomazzon, entidade à frente da execução técnica.

Todos os custos das obras foram bancados pelo “Unidos por Bento”, movimento que vem trabalhando desde o início do mês passado para arrecadação de recursos destinados a finalidades como essa. Até o dia 30 de maio, a iniciativa havia angariado um total superior a R$ 12 milhões – o Sicredi dobrou o valor arrecadado pela campanha. “O que mais precisamos, enquanto sociedade, é vermos uma comunidade, um município de referência como Bento Gonçalves, mobilizado dessa forma. Isso inspira, também, outras localidades”, disse o presidente da Sicredi Serrana, Marcos André Balbinot, ao parabenizar a iniciativa e sua agilidade de execução.

Trecho da ERS-444, no Vale dos Vinhedos, destruído pelas chuvas é restaurado

Os recursos arrecadados pelo “Unidos por Bento” foram e estão sendo utilizados em mais de 30 frentes de trabalho, com ações de desobstrução de caminhos e acessos ao interior e de reconstrução de pontos logísticos. O diagnóstico inicial revelou a necessidade de desobstrução de mais de 250 acessos ao longo de mais de 600 quilômetros de estradas vicinais existentes no município, além da reconstrução ou reparos em 12 pontes.

Para colaborar

O “Unidos por Bento” segue captando recursos. Quem quiser doar pode participar de duas formas: por meio do envio de PIX para a chave financeiro@cicbg.com.br, ou por depósito, pelo Banco Sicredi, Ag: 0167 / Conta: 07006-2. Após a concussão dos trabalhos, haverá uma prestação de contas pública detalhando o emprego dos recursos.  

Além do CIC-BG, fazem parte do “Unidos por Bento”: Aearv, Agas, Aprovale, Ascon, Bento Convention, CDL-BG, Fundaparque, Movergs, OAB, SEGH, Sidmóveis, SIMMME, Simplavi, Sindibento, Sindilojas Regional Bento, Tacchini e Uvibra, bem como pessoas físicas e novos parceiros que queira colaborar.