• Vinícola Garibaldi

Vacaria: família havia recebido casa do governo, mas vendeu e voltou para a irregular

  • Posto Ravanello
  • Vinícola Garibaldi

As vítimas da tragédia foram identificadas como Cíntia de Moraes Costa, de 36 anos, e suas filhas Ana Júlia Costa, 15, Cintia Maria Costa, 11, e Samara Costa, três anos

Tragédia em Vacaria: mãe e três filhas morrem por intoxicação dentro de casa.
Foto: Brigada Militar

A morte de quatro pessoas da mesma família em Vacaria, no domingo, 10/03, deixa dúvidas do que teria acontecido no local. Agora, a prefeitura da cidade adicionou mais questões no caso.

Segundo informações do Executivo, a família havia recebido do Poder Público uma moradia no bairro Municipal, onde chegou a residir por um tempo, após a secretaria municipal de Desenvolvimento Social ter verificado que o local onde moravam, na rua Noel Rosa, bairro Vitória, era irregular. O imóvel, de propriedade da União, havia sido desocupado pelo Ibama – por isso não tinha mais a ligação de energia elétrica.

Contudo, a família teria retornado para a moradia irregular após uma saída temporária da casa no Municipal (para limpeza do terreno pela prefeitura) em setembro de 2023, e posteriormente vendido aquela recebida alegando que ela seria pequena para abrigar o casal e os cinco filhos.

“Eles tinham esse hábito de mudar constantemente de residência e tinham ciência de que o loca l era irregular. Inclusive, no final do ano, a família vendeu a moradia que havia ganho da prefeitura”, informa a diretora de Relações Públicas da prefeitura, Joice Rodrigues.

Com o retorno para a antiga sede do Ibama, a família teria recebido auxílio da comunidade que, ao verificar a condição precária, teria organizado um mutirão de doações para ajudar o casal e os filhos. Entre os utensílios arrecadados estaria o gerador de energia elétrica a diesel – uma das principais suspeitas de que tenha causada a morte das quatro pessoas.

As vítimas foram identificadas como Cíntia de Moraes Costa, de 36 anos, e suas filhas Ana Júlia Costa, 15, Cintia Maria Costa, 11, e Samara Costa, três anos. Elias Costa, 9 anos, Vitória Costa, 7 anos, e o companheiro de Cíntia, de 31 anos, foram internados na UTI do Hospital Nossa Senhora da Oliveira. No final da tarde, o menino foi transferido para Santa Maria, para recebimento de assistência especializada em hospital local.

*Com informações de Portal Leouve