• Vinícola Garibaldi

Vereadores trocam socos durante sessão na Câmara de Lauro de Freitas (BA)

  • Vinícola Garibaldi

Fato aconteceu na terça-feira, 28/02

Foto: Reprodução

Os vereadores Gabriel Bandarra (Podemos) e Ronaldo Washington Lopes (PP) trocaram socos, na terça-feira, 28/02, durante uma sessão da Câmara Municipal de Lauro de Freitas (BA), região metropolitana de Salvador.

A briga aconteceu durante a discussão de um requerimento para a convocação da prefeita Moema Gramacho (PT) para comparecer à Câmara.

Ao ter a fala, Bandarra disse que a presidente da Casa, Rosenaide Carvalho de Brito (PT), “mentiu descaradamente” durante a sessão de abertura legislativa ao não deixar os parlamentares questionarem a prefeita, e que ela trabalharia para “colocar dinheiro no bolso” de Gramacho.

Posteriormente, ele declarou que convidaria a prefeita novamente para ir à Casa legislativa para responder aos questionamentos dos vereadores e que ela mesma já teria se proposto a ir.

Com isso, Bandarra fez uma provocação, questionando se teria ali algum “vereador frouxo” que iria desfazer o convite e que pegaria “a cara de um por um” que fizesse isso e jogaria nas redes sociais.

Diante do que foi dito, Lopes levantou a mão e pediu a palavra, que lhe foi concedida. Ele se disse abismado com o que foi dito para a presidente da Câmara por Bandarra e que jamais lhe chamaria de “descarada”, mesmo sendo seu oposicionista.

“Quando você desqualifica uma mulher, presidente desta Casa, quando você desqualifica uma senhora, chamando de ‘descarada’, está desqualificando a pessoa, não está desqualificando a parlamentar”, explicou Lopes, falando que isso sai do normal do parlamento e da educação.

Bandarra disse que Lopes estava nervoso, levando o vereador a responder: “Estou nervoso sim, o senhor aprenda a respeitar uma mulher”.

Os dois continuam discutindo, e o parlamentar do PP, diante do microfone, afirmou que “descarado” seria Bandarra e começa a agredi-lo, dando início à briga. No mesmo instante, seguranças e agentes da Guarda Civil Municipal apareceram para tentar separá-los e a transmissão oficial foi cortada.

Fonte: CNN