• Vinícola Garibaldi

Condenados acusados de matar jovem em Bento Gonçalves

  • Vinícola Garibaldi

Os homens foram condenados a mais de 18 e 16 anos de prisão

Foto: Arquivo pessoal

Foram condenados os acusados de matar o jovem Giovani Rehus, morador de Garibaldi e com 22 anos na época do crime. O julgamento ocorreu na quinta-feira, 14 de março, no salão do Júri do Fórum de Bento Gonçalves. O assassinato ocorreu no dia 19 de fevereiro de 2022, no bairro São Roque.

Segundo a sentença, Aisner Moisés de Paula de Brum recebeu uma pena de 18 anos e oito meses de prisão, além de quatro meses de detenção. Guilherme Barônio foi sentenciado a 16 anos e quatro meses de prisão, com mais quatro meses de detenção. 

Após o anúncio da sentença, ambos os acusados permanecem detidos. Aisner está na Penitenciária Regional de Caxias do Sul e Guilherme na Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves.

O crime

Na madrugada de 19 de fevereiro de 2022, Reuhs foi morto a tiros enquanto estava dentro de seu carro, na rua Dr. Lafayete Travassos Gonçalves, no Loteamento Bertolini, bairro São Roque. Ele foi atingido na nuca e nas costas.

Segundo a Polícia, os homens que praticaram o crime estavam no banco traseiro do carro, enquanto Giovani estava ao volante e uma mulher, Luciana de Souza Girelli, estava no banco do carona. Ela foi atingida por disparos, mas sobreviveu. Ela foi socorrida e atendida na Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA 24h).