• Vinícola Garibaldi

Inter afasta intérprete de mascote após denúncia de importunação sexual

  • Vinícola Garibaldi

O clube afirmou que “o funcionário responsável pelo mascote e o próprio Clube estarão a disposição das autoridades” e que o afastamento é válido até a conclusão das investigações da polícia

Fotos: Redes sociais e Divulgação/SC Internacional

O Sport Club Internacional anunciou, na noite de segunda-feira, 26/02, o afastamento do intérprete do mascote Saci, denunciado por uma repórter por importunação sexual durante o clássico Gre-Nal de domingo, 25/02, em Porto Alegre. A identidade do funcionário não foi revelada.

Em um comunicado, o clube afirmou que “o funcionário responsável pelo mascote e o próprio Clube estarão a disposição das autoridades” e que o afastamento é válido até a conclusão das investigações da polícia.

O Grêmio também se manifestou sobre o caso, via redes sociais. “O Clube espera que as autoridades competentes tomem as medidas cabíveis sobre o caso e reitera repúdio a qualquer ato de assédio ou discriminação, dentro ou fora dos estádios.”

A jornalista Gisele Kümpel, do Canal Monumental, diz ter sido abraçada e beijada sem consentimento pelo funcionário do Internacional logo após a equipe colorada ter marcado o gol da vitória contra o Grêmio.

Gisele conta que, depois do caso, que aconteceu nos últimos instantes da partida, ficou paralisada, com o que considera que possa ter sido uma crise de pânico. A repórter foi à delegacia da Polícia Civil no Estádio Beira-Rio e registrou um boletim de ocorrência contra o funcionário.

Nota na íntegra do Internacional

“Sobre o registro de ocorrência envolvendo a figura do mascote Saci, o Sport Club Internacional informa que encaminhou as imagens de seu circuito interno de monitoramento para a Delegacia responsável pela apuração do episódio.

Confiamos que todos os fatos serão devidamente esclarecidos junto à autoridade policial. Por essa razão, e esperando a célere resolução do caso, o funcionário responsável pelo mascote e o próprio Clube estarão a disposição das autoridades. Até a conclusão do procedimento, o funcionário ficará afastado da representação do Saci.

Por fim, o Sport Club Internacional manifesta seu respeito ao trabalho de toda a imprensa e repudia todo e qualquer caso em que haja importunação ou manifestação de cunho preconceituoso.”