• Posto Ravanello
  • Envase
  • Debianchi
  • Vinícola Garibaldi
  • Tacchini
  • Naturepet Pharma

Após passar 10 anos acamado, homem morre e é velado sentado em poltrona

  • Vinícola Garibaldi
  • Envase
  • Tacchini
  • Naturepet Pharma

Uma das filhas do idoso tomou a decisão de sentá-lo no velório, a fim de dar a oportunidade para aqueles que o vissem pela última vez pudessem se sentar ao lado dele e prestar uma última homenagem

Foto: Arquivo pessoal

Um homem de 96 anos teve um velório inusitado na sexta-feira, 1º/03, em Goiânia, Goiás. O carpinteiro Quirino da Silva Souza foi velado com uma camisa azul, sentado em uma poltrona ao lado de seus entes queridos. Há 10 anos, Quirino estava acamado e sua condição não o permitia sentar e nem ficar em pé. Uma de suas filhas, então, tomou a decisão de sentá-lo no velório, a fim de dar a oportunidade para aqueles que o vissem pela última vez pudessem se sentar ao lado dele e prestar uma última homenagem.

Ao portal Correio Braziliense, Ana Cristina Souza, filha de Quirino, disse que foi uma surpresa para a família. “E põe surpresa nisso! Minha irmã, que cuidava dele há 20 anos, teve essa ideia”. Ela acrescentou que o velório foi uma maneira de se sentir mais próxima do pai. “Foi como se fosse uma roda de conversa”, explica.

A empresa contratada para o velório atendeu ao pedido da família com disposição e carinho, de acordo com informações do portal Mais Goiás. “A pessoa falecida está sendo velada de uma maneira que representa sua singularidade – sentado em uma poltrona, como um gesto simbólico da vida que ele levou”, afirmou a companhia.

O enterro de seu Quirino, contudo, aconteceu de maneira tradicional, informou Ana Cristina.

Fonte: Correio Braziliense