• Vinícola Garibaldi

Lula anuncia R$ 24,5 milhões para reconstrução da ponte de Santa Bárbara

  • Vinícola Garibaldi

O restante do valor – cerca de R$ 12 milhões – serão aportados pelo governo Eduardo Leite

Foto: Diogo Zanetti

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou na sexta-feira, 15/03, a destinação de R$ 344,6 milhões para reconstrução de municípios atingidos por enchentes no Rio Grande do Sul entre setembro e novembro de 2023.

O montante inclui novas moradias do Minha Casa, Minha Vida e a reconstrução de pontes, casas e ruas. O investimento foi anunciado em cerimônia em Lajeado, no Vale do Taquari, que também contou com um balanço das ações federais desde o início das chuvas intensas na região.

Ponte de Santa Bárbara

Um dos anúncios mais aguardados pela região, incluindo Bento Gonçalves, foi o de repasses financeiros para a reconstrução da ponte de Santa Bárbara, entre Santa Tereza e São Valentim do Sul. A antiga estrutura foi levada pelo Rio Taquari no dia 04 de setembro. Atualmente, uma balsa realiza a operação de travessia.

Os recursos ficarão com a prefeitura de São Valentim do Sul. Serão R$ 24,5 milhões repassados pelo governo federal. O restante do valor – cerca de R$ 12 milhões – será investido pelo governo estadual. A ponte deve ter orçamento total de, aproximadamente, R$ 37 milhões.

O projeto foi desenvolvido pela secretaria estadual de Logística e Transportes, sendo encaminhado para o Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional no final de fevereiro. As obras ainda não tem nada para começar, porém, a nova ponte terá dimensões (altura, largura e capacidade de carga) maiores do que a anterior, conforme legislação vigente. A estrutura terá 320 metros, 51 a mais do que a anterior.

“O Governo Federal não faltará, junto com o governo estadual, a recuperar e, quem sabe, fazer com que vocês voltem a ser tão felizes como eram antes do desastre”, disse o presidente no evento.

Lula, Eduardo Leite e prefeitos/representantes de cidades do Vale do Taquari. Foto: Ricardo Stuckert

Minha Casa Minha Vida

No evento, foi anunciada a contratação de 857 novas moradias do Minha Casa, Minha Vida em 13 municípios: Eldorado do Sul, Montenegro, Novo Hamburgo, Pelotas, Rio Grande, Santa Tereza, Venâncio Aires, além de Arroio do Meio, Colinas, Cruzeiro do Sul, Estrela, Muçum e Roca Sales.

Em novembro de 2023, R$ 195 milhões foram repassados ao Minha Casa, Minha Vida Calamidades no Rio Grande do Sul, sendo R$ 150 milhões para moradias urbanas e R$ 45 milhões para rurais, totalizando 1.837 autorizações para novas unidades habitacionais.

“O que aconteceu aqui serve de lição para que a gente compreenda, mais fortemente, o que está acontecendo no planeta Terra. Há mudanças de comportamento das intempéries. Estamos vendo excesso de chuva onde antes não tinha excesso, excesso de seca onde antes não tinha tanta seca. E estamos percebendo que a humanidade é capaz de se autodestruir se não cuidar da sua casa, que é o planeta Terra“, sinalizou Lula.

Confira o detalhamento em cada município dos R$ 344,6 milhões

Arroio do Meio
R$ 55,3 milhões para a reconstrução de 135 casas
R$ 27 milhões a serem destinados a 212 unidades habitacionais

Cândido Godoi
R$ 2,46 milhões, para a reconstrução de 3 pontes

Caraá
R$ 5,95 milhões para a reconstrução de 10 casas
R$ 558 mil para a reconstrução de ponte

Colinas
R$ 2,2 milhões para 17 unidades habitacionais no residencial pôr do sol
R$ 1,01 milhão para restabelecimento viário

Cruzeiro do Sul
R$ 6,5 milhões para 50 unidades habitacionais

Eldorado do Sul
R$ 8,6 milhões para 64 unidades habitacionais

Encantado
Além dos R$ 23,4 milhões já destinados a 180 unidades habitacionais, nesta sexta são R$ 1,6 milhão para o restabelecimento de passarelas e recuperação de estradas vicinais

Estrela
R$ 13 milhões para 100 unidades habitacionais

Feliz
R$ 146 mil para a limpeza e remoção dos entulhos deixados pelas enchentes

Lajeado
Além dos R$ 19,5 milhões já destinados para 150 unidades habitacionais, mais R$ 8,8 milhões para a reconstrução de 59 casas

Montenegro
R$ 12,4 milhões para 96 unidades habitacionais

Muçum
R$ 29,7 milhões para a reconstrução de 185 casas
R$ 6,5 milhões para 50 unidades habitacionais

Novo Hamburgo
R$ 11,9 milhões para 85 unidades habitacionais no loteamento moradas bem-te-vi

Riozinho
R$ 550 mil para o restabelecimento de bueiros e pontes

Roca Sales
R$ 6,5 milhões para 50 unidades habitacionais

Santa Tereza
R$ 1,6 milhão para restabelecimento viário e de contenções
R$ 260 mil para 2 unidades habitacionais

São Valentim do Sul
R$ 24,5 milhões para a reconstrução de ponte

Taquari
R$ 2, 26 milhões para a recuperação de margens

Venâncio Aires
R$ 3,9 milhões para 30 unidades habitacionais

Lindolfo Collor
R$ 6,75 milhões para 50 unidades habitacionais

Além dos R$ 6,44 milhões destinados a Pelotas e R$ 7,53 milhões destinados a Rio Grande.