• Envase
  • Vinícola Garibaldi
  • Ótica Debianchi Lente em Dobro
  • Naturepet Pharma

Renê Tonello é reconduzido à presidência da Vinícola Aurora

  • Debianchi
  • Posto Ravanello
  • Naturepet Pharma
  • Envase
  • Vinícola Garibaldi

São 1,1 mil famílias associadas e mais de 500 funcionários que compõem o quadro cooperativo e empresarial da Vinícola Aurora

Renê Tonello é reconduzido à presidência da  Vinícola Aurora.
Tiago Fronza Frare (secretário), Renê Tonello (presidente) e Ivan Marini (vice-presidente) foram empossados para presidir o Conselho de Administração da Vinícola Aurora no biênio 2024-2026. Foto: Eduardo Benini

Em assembleia geral realizada nesta quinta-feira (28), a Cooperativa Vinícola Aurora reelegeu, por aclamação, Renê Tonello à presidência do Conselho de Administração da companhia para o biênio 2024-2026. Com ele, comporão a Diretoria do Conselho o vice-presidente Ivan Marini, que integrava a gestão 2022-2024 como secretário, e o secretário Tiago Fronza Frare, que ocupou o mesmo cargo no biênio 2020-2022.

O trio representará as 1,1 mil famílias associadas e os mais de 500 funcionários que compõem o quadro cooperativo e empresarial da Vinícola Aurora. De acordo com as diretrizes do estatuto da cooperativa, todos os integrantes do Conselho de Administração devem ser viticultores associados. O regulamento permite até duas reeleições de cada chapa, devendo, entretanto, apresentar 1/3 de renovação.

“Estou muito feliz e orgulhoso pelo momento democrático e fraterno que vivemos, com uma ampla participação dos sócios nos assuntos da cooperativa. Em nome dos integrantes da diretoria, agradeço ao Conselho de Administração pela confiança depositada em nosso projeto e reafirmo nosso compromisso na construção de uma Aurora cada vez mais moderna e sustentável”, declarou o presidente reeleito Renê Tonello.

Também foram empossados quatro novos conselheiros fiscais e outros 20 administrativos (veja abaixo quem são), representando cada um dos 20 núcleos dos 11 municípios onde a Aurora possui viticultores associados. Além dos novos conselheiros, outros dois viticultores do biênio passado seguem na gestão fiscal. Os grupos, eleitos pelos cooperados, auxiliarão a presidência nas tomadas de decisões e na fiscalização das atividades.

Durante a assembleia geral, além da eleição da nova presidência e da posse dos novos conselheiros, também houve a aprovação das contas do ano de 2023 pelo conselho fiscal e pela auditoria independente.

Confiança para os próximos dois anos 

À frente da Vinícola Aurora desde outubro de 2020, o viticultor Renê Tonello, 61 anos, é produtor de variedades para a elaboração de suco de uva integral, como Isabel comum e precoce, Bordô e BRS Carmem, na linha Buratti, em Bento Gonçalves. É cooperado desde 1980, dando continuidade ao legado do avô Antônio Guilherme Tonello, que já era sócio nos primeiros anos de fundação da Aurora, ainda na década de 1930.

“Fico satisfeito e feliz em ter a confiança dos conselheiros e associados e saber que estamos fazendo uma boa gestão para nossa cooperativa, que completou recentemente 93 anos. O ano passado foi muito desafiador, mas foi também de muitos aprendizados. Nos unimos ainda mais para transformar a Vinícola Aurora, repensamos o futuro e reafirmamos nosso compromisso para uma cooperativa cada vez mais profissional e sustentável”, avalia Tonello.

Ivan Marini, 43 anos, que assume a vice-presidência, é da Linha Brasil, em Pinto Bandeira. Marini produz diversas variedades de uvas, como Chardonnay, Tannat, Merlot, Cabernet Sauvignon e Moscato R2. Ele segue na atividade desenvolvida pelo pai, Alcides Marini, associado da cooperativa desde a década de 1970.

O novo secretário, Tiago Fronza Frare, 36 anos, vem da localidade de São Valentin – Ala Sul, em Bento Gonçalves. É associado à Vinícola Aurora desde 2012, sendo seu avô Stelio Fare cooperativado desde a década 1950. Frare, produz as variedades Bordô, Niágara, Isabel e Cabernet Sauvignon.

Para a nova gestão, Tonello, Marini e Frare querem uma Aurora cada vez mais sólida, líder de mercado e cooperativista. Entre os desafios para os próximos dois anos estão modernizar a gestão, melhorar a produção, ampliar a capacidade de vinificação e estocagem e conquistar novos mercados consumidores.

“Para isso temos compromissos importantes, que vão desde a adoção de uma agenda ESG qualificada, passando pela necessária reforma estatuária e chegando à expansão de nossa planta produtiva na fábrica do Vale dos Vinhedos. Desafios ousados, mas que vamos encarar com muito trabalho”, afirma Tonello, lembrando que neste ano também foi implementado o novo planejamento estratégico da Aurora, que irá nortear a cooperativa até 2028.

Para o presidente do Conselho de Administração, a Aurora caminha para o centenário com valores reafirmados e economicamente próspera.

“O cooperativismo é a prova de que, com a união, pequenas propriedades familiares podem se tornar socialmente e economicamente fortes. Juntos, representamos de 10% a 15% da safra de uvas gaúcha e nos tornamos a maior vinícola do Brasil. Somos líderes nacionais na venda de vinhos finos, coolers e suco de uva integral e, nos últimos anos, estamos ampliando nossos faturamento e investimentos. Nossa expectativa é que a cooperativa atinja o primeiro bilhão de faturamento em 2026”, finaliza Tonello.

Conselho de administração

Adriano Andreis (São Valentin – Ala Norte BG)       

Andre Zaccaron (Faria Lemos)         

Arielson Benvegnú (São Valentim do Sul)   

Bruno Zucchi (Eulália Alta)   

Deolindo Pastorio (Leopoldina)       

Diego Dal Ponte (São Pedro)

Edemar José Stello (Busa/Graciema)        

Gilmar Razia (Cotiporã)       

Itacir Pedro Pozza (Pinto Bandeira) 

Ivan Marini (Linha Brasil)     

José Pertile (Tuiuty)  

Laercio Reginatto (Vale Aurora)      

Mario Luis Menegotto (Eulália Baixa)         

Michel Ferro (Monte Belo Sul – Ala Norte)  

Moises Cavalleri (Monte Belo Sul – Ala Sul)

Paulo Roberto Valiatti (Alcântara)  

Renê Tonello (Buratti)         

Tiago Fronza Frare (São Valentin – Ala Sul BG)       

Valeri Bortolini (Paulina)      

Vitor Hugo Scalco (Lajeadinho)

Conselho Fiscal

Amarildo Toniolo (Eulalia Alta)       

Arlei Bortolini (Paulina)        

Joviano Cesar Dorss (Buratti)

Leandro Tres (Cotiporã)       

Lucas Dal Castel (Monte Belo – Ala Norte)  

Vinicius Fronza Lunelli (São Valentin – Ala Norte)