• Vinícola Garibaldi

Ser Professor: desafios da profissão

  • Vinícola Garibaldi

A tarefa de ser professor é cada vez mais desafiadora. Ela já exigia muito trabalho e dedicação antes da pandemia para atuar em um contexto em que faltam condições para desenvolver o processo de ensino-aprendizagem e há baixa valorização da educação e consequentemente do próprio profissional da educação. Com a pandemia, o cenário agravou-se ainda mais; o distanciamento obrigou o professor a se desdobrar para conseguir manter, através de uma tela de computador ou smartphone, estudantes motivados. Além de refazer todos os materiais utilizados para ensinar, adaptados a esses novos dispositivos eletrônicos, teve que aprender a atuar diante de uma câmera para, além de ensinar os conteúdos, atrair a atenção dos estudantes para desenvolver a aprendizagem, concorrendo com muitas distrações no ambiente de onde o estudante está participando remotamente da aula, geralmente com câmera de seu dispositivo desligada.

As sociedades desenvolvidas valorizam muito os sistemas educacionais eficientes, centrados em metodologias contemporâneas e nos profissionais da educação, já que a própria sociedade se beneficia fortemente das pessoas com educação de qualidade. Não podemos cobrar para que tenhamos bons engenheiros, médicos ou advogados se não priorizarmos a educação e valorizarmos todos os atores, principalmente professores e instituições comprometidas com a causa da educação. São eles que propiciam a formação com qualidade de pessoas e profissionais, fundamentais para o desenvolvimento de uma sociedade sustentável. A responsabilidade não é só do professor, é de todos nós.

As mudanças estão ocorrendo cada vez mais rápido e precisamos nos adaptar da mesma forma. O professor está bravamente buscando se atualizar e fazendo a parte que lhe cabe. Professor esse que muitas vezes assume papéis que estão além de suas responsabilidades em todo o itinerário formativo de uma pessoa, quer seja pelo professor do Ensino Fundamental, quando tem que ocupar lacunas na educação e hábitos, ocasionadas pela omissão no meio familiar; quer seja pelo professor do Ensino Médio, que precisa constantemente estimular os estudantes diante de tantos atrativos para o adolescente; ou ainda pelo professor universitário, que precisa compensar defasagens de conteúdos e manter os estudantes motivados para formar profissionais competentes exigidos e necessários para a sociedade; professor esse que precisa constantemente mostrar que a informação disponível no Google é importante, mas não é suficiente para compreender e resolver os problemas do mundo; professor esse que ainda precisa “provocar” o estudante de forma transformadora para que ele possa conquistar a emancipação e empoderamento necessários para a vida.

Na data em que se comemora o Dia do Professor é com muito orgulho e satisfação que parabenizo todos os professores e agradeço, como cidadão, toda a dedicação e esforços despendidos na defesa e atuação na educação.

Professor, não desista diante de tantas adversidades, mesmo que não seja reconhecido por todos. Nunca deixe de realizar o seu papel como educador e formador de pessoas, de cidadãos e de profissionais. Busque o aperfeiçoamento diante de cada desafio que se apresenta e continue sentindo orgulho de ter cumprido sua tarefa: fazer a diferença e contribuir com o sucesso de seus alunos.